contato@guilhermecsantos.com.br

Gamaliel Brasil é o homem mais poderoso da República.

E ele será eleito presidente nas próximas eleições porque todos têm certeza de que nada pode corromper o “Rei do Brasil”! Será…?

SOBRE A OBRA

A Morte do Filho do Rei é um livro para se conhecer a política por dentro. No auge de sua carreira, o senador Gamaliel Brasil é o favorito em todas as pesquisas de opinião para as eleições presidenciais.

Sobretudo nos últimos anos, ele fortaleceu muito a sua imagem e caiu nas graças dos eleitores brasileiros. É admirado por sua fama de incorruptível e por seu elevado senso de moral, a tal ponto que a mídia estrangeira o apelidou de “O Rei do Brasil”.

Ao que tudo indica, ele vencerá o atual presidente e poderá enfim colocar o Brasil nos eixos. Quando uma jovem sonhadora entra em seu caminho, no entanto, tudo pode mudar. Este homem público imbatível encontrará seu calcanhar de Aquiles nos olhos da bela Amélia e no fruto do relacionamento proibido entre os dois, que contrariará uma poderosa organização secreta que opera nas sombras da República. Para fugir dessa teia imensa de ameaça e poder, Amélia só poderá contar com Joca, um inteligente e destemido jornalista que, movido pela paixão e pela indignação, fará tudo ao seu alcance para protegê-la.

Esta trama se desenrola em meio aos detalhes da arquitetura de Brasília, revelando um pouco mais do que a maioria das pessoas sabe sobre a capital do país e todas as curiosidades que seus prédios de mármore encerram. Passa, também, por vários estados brasileiros, cenários de um thriller que retrata o poder e até que ponto estão dispostos a ir aqueles que o disputam.


opinião dos leitores

  • Ler o livro de autoria do Jornalista Guilherme Santos “A morte do filho do Rei“, foi uma mistura de surpresa e suspense! Um experiência desafiadora, porque o autor descreve com perfeição e detalhes os momentos de Brasília, ao meio de uma intrigante e desafiadora trama de poder e amor. Porém a maior surpresa foi observar como o autor conseguiu captar o máximo das informações desta linda cidade, ressaltando a sua arquitetura moderna com toque místico trazido das mais longínquas civilizações da terra. Já o suspense, o autor superou-se em mostrar deslumbrantes tramas de um relacionamento amoroso, dentro da vida pública e de uma política maquiavélica praticada no Congresso Nacional. Recomendo a leitura do livro!
    ANSELMO MOURÃO
    Brasília - DF
  • Confesso que quando tive o primeiro contato com o livro "A Morte do Filho Rei", por indicação de um amigo, iniciei a leitura de forma despretensiosa. No entanto, após algumas páginas, em função do ritmo da narrativa e da riqueza de elementos, me vi totalmente envolvido com a estória e "consumi" o livro praticamente no mesmo dia. Chamou-me a atenção a mescla entre realidade e ficção e a imensa carga de cultura política observada em muitas passagens, o que torna a leitura ainda mais prazerosa. Sem sombra de duvidas, pra quem gosta do mundo político, trata-se de uma leitura extremamente instigante.
    LUIZ OTÁVIO IANNINI DE FREITAS
    Advogado
  • A obra, “A Morte do Filho do Rei”, do escritor Guilherme Santos deve ser livro de cabeceira para os amantes da política e apreciadores da boa leitura. O livro é impactante, a começar pela capa: bem produzida é rica em detalhes e simbologia. Logo observa-se que será uma grande aventura mergulhar na narrativa política romantizada.
    ANDERSON PENA
    Jornalista
  • Para amantes da política de nossa capital e conhecedores das terras de nosso Brasil, o livro a MORTE DO FILHO DO REI é um prato cheio. Isso porque traz conteúdos muito aprofundados das rotinas dos congressistas e de todo fluxo de negociação legislativa. Além disso, durante o desenvolvimento, aborda paisagens e situações típicas de várias regiões do país. Por fim, e de uma forma fantástica, cativa o leitor com o desenvolvimento do suspense e da ação, tendo um final para lá de surpreendente.
    SILNEY AQUINO
    Florianópolis - SC
cog

SOBRE O AUTOR

Guilherme Santos é jornalista e especializado em gestão pública. Desde 2006 atua em campanhas eleitorais e em assessoria parlamentar. Foi assessor de imprensa na Assembleia Legislativa de Minas Gerais e na Câmara dos Deputados, em Brasília.
Atuou como chefe de gabinete e como secretário executivo de um grande partido em Minas Gerais.
Natural de Santo Antônio do Monte, é membro da Academia Santantoniense de Letras (ACADSAL).
A Morte do Filho do Rei é o seu primeiro romance.

Autor Guilherme Santos

CONTATO

Envie uma mensagem para o autor.

Copyright © 2018 – Guilherme Santos